Institucional
Apresentação

O Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGG) da UFRJ foi criado em 1972, com o curso de Mestrado e, a partir de 1992, com estudos a nível de Doutorado. Atualmente funciona com duas áreas de concentração: Organização e Gestão do Território e Planejamento e Gestão Ambiental. A concepção fundadora do PPGG, bem representada pela primeira coordenadora, e agora professora emérita, Maria do Carmo Correia Galvão, tem sido a de evitar a dicotomia Geografia Física-Geografia Humana e buscar a integração entre ensino e pesquisa.

Para atender sua função básica que é a de oferecer um ensino de qualidade, os seguintes objetivos orientam as atividades do PPGG:

a) Indissociabilidade entre ensino e pesquisa. O PPGG apóia diretamente os Laboratórios, Núcleos e Grupos de Pesquisa existentes no Departamento de Geografia. A reciprocidade está na formação do ambiente acadêmico necessário e fundamental para o desenvolvimento de teses e dissertações. A integração dos alunos de Pós-graduação aos grupos de pesquisa cadastrados no CNPq tem sido um objetivo perseguido nos últimos anos;

b) Unidade conceitual da Geografia. Embora formado por duas áreas de concentração: Organização e Gestão do Território (de orientação humana e econômica) e Planejamento e Gestão Ambiental (de orientação física, biológica e geomática), o PPGG tem buscado integrar, através de cursos, seminários, workshops e pesquisas conjuntas, as atividades das duas áreas de modo a consolidar seus princípios fundadores;

c) Inserção Nacional e Internacional. O PPGG desde a sua origem tem buscado a crescente participação da geografia brasileira no cenário nacional e internacional, seja através da participação em congressos e seminários, seja no intercâmbio com outras instituições de ensino e pesquisa no Brasil e no Exterior, na produção bibliográfica qualificada em várias línguas e na participação em entidades nacionais, como a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia (ANPEGE), Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB) e Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisas em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR) e internacionais, como em grupos temáticos da União Geográfica Internacional (UGI);

d) Aplicabilidade da pesquisa em geografia. O PPGG caracteriza-se pela importância dada à aplicação do conhecimento geográfico na busca de soluções para os problemas do desenvolvimento local, regional e nacional. Laboratórios como o de Gestão do Território (LAGET), criado em 1987, de Geoprocessamento (LAGEOP), de Geomorfologia Ambiental e Degradação dos Solos (LAGESOLOS), de Geo-Hidroecologia (GEOECO) ou Núcleos de Pesquisas, como o de Pesquisas sobre Desenvolvimento Sócio-espacial (NuPeD), de Estudos do Quaternário e Tecnógeno (NEQUAT), dentre outros, destacam-se pela preocupação em tratar as questões ambientais e sócio-espaciais como temas centrais de pesquisa e ensino;

e) Renovação e incorporação de novas áreas temáticas da Geografia. O PPGG tem participado ativamente dos debates contemporâneos da Geografia mundial e nacional que têm estimulado a criação ou a consolidação de grupos de pesquisa nos quais é ativa a discussão teórico-conceitual e metodológica. Destacamos os estudos na área da Geografia Cultural de interesse particular dos professores Roberto Lobato Correia, Scott William Hoefle, Paulo César Gomes da Costa e Ana Maria Lima Daou. Não houve a formação de um grupo formal de pesquisa, mas é intenso o intercãmbio e a colaboração entre esses professores. Várias teses e dissertações foram concluídas no escopo da Geografia Cultural e outras estão em andamento. Vários eventos foram organizados, livros e artigos publicados e novas disciplinas criadas na área da Geografia Cultural. O PPGG apóia integralmente iniciativas de renovação teórico-conceitual e temática na pesquisa e no ensino da pós-graduação. Na mesma direção, são as produções de docentes e discentes, incluindo teses e dissertações, na área de conhecimento de Geografia Histórica. Neste caso, pela consolidação do grupo de pesquisa do Prof. Maurício de Almeida Abreu, foi criado em 2006 o Núcleo de Pesquisas de Geografia Histórica (NPGH), com todo o apoio e estímulo do PPGG;

f) Integração inter e intra-institucional de pós-graduação. O PPGG tem apoiado a participação dos docentes em todo tipo de integração com outras pós-graduações. Mesmo mantendo essa tendência que se apóia na atuação individual dos docentes, um ponto que tem sido discutido e que deve se definir a curto prazo é a participação formal do PPGG junto a outras pós-graduações ainda não plenamente consolidados segundo a avaliação da CAPES. Há para análise no PPGG uma demanda de quatro instituições universitárias para este tipo de interação. A integração formal com programas em diferentes níveis de consolidação está se iniciando na própria UFRJ. Para a concorrência da UFRJ no Edital PROINFRA 01/ 2006 da FINEP lançado em dezembro passado, a UFRJ definiu que as propostas da instituição deveriam agrupar cursos de pós-graduação com avaliações diferenciadas com a liderança de programas de nível 6 e 7 CAPES. O Objetivo maior era promover no conjunto o fortalecimento da Pós-graduação da UFRJ. O PPGG tendo, nível 6, apresentou um projeto conjunto com o Programa de Pós-graduação de Geologia, nível 4 e o Departamento de Meteorologia que tem um curso em conjunto com a COPPE e está em início de um programa independente. O PPGG participou ativamente na integração de um projeto do Instituto de Geociências - IGEO, voltado à criação de um centro de pesquisa, ensino e extensão no IGEO, o Centro de Estudos de Mudanças Ambientais - CEMA. A proposta foi aprovada na UFRJ e agora será encaminhada à FINEP;